25 março 2018

pediram-me para escolher textos do blogue para ler no tal programa

Chega uma pessoa às filmagens, com um discurso mais ou menos alinhavado sobre o modo como o blogue começou, e pedem-lhe para escolher textos do blogue para ler.
Sei lá que textos escolher!  São todos como filhos.
Quer dizer: são todos como enteados. Já não me lembro de praticamente nada do que escrevi.
Percorro o blogue ao acaso. Olha este: gosto. E mais este: também gosto. E este: eu escrevi isto?! caramba, saiu-me mesmo bem.

Mais me valia propor à TV um programa tipo "maratona de blogue". Começava a ler a eito, e eles iam passando de uma câmara para a outra. Não lhes custava quase dinheiro nenhum.  Provavelmente também não tinham público nenhum, excepto meia dúzia de centenas de resilientes. Mas, ora bem: eu também não tenho mais público, e continuo por aqui. :)

De modo que agora vou pensar nos tais textos, mas (será o Freud a fazer das suas?) só me ocorrem os mais antigos, os que foram apagados por engano há um bom par de anos.


2 comentários:

jj.amarante disse...

É difícil a escolha mas eu sugeria este, sobre o troll que queria tornar-se um ser humano: http://conversa2.blogspot.pt/2007/12/para-o-tempo-de-natal-2.html

Gil António disse...

Olá. Visitando, vendo, lendo, admirando, e gostando muito das suas publicações
.
* Amor: a Incompreensão dos sentimentos *
.
Votos de uma Páscoa muito feliz,
repleta de amêndoas feitas amor
.