11 novembro 2012

Portugal, o melhor destino



Os chanceleres alemães só podem receber presentes num valor até 25 euros - ou talvez 50, já não me lembro bem. Esses chouricinhos, o vinho, o azeite, praticamente tudo, vão reverter para o Estado.
(Ah, pudesse eu chamar-me Estado, é que ia agora mesmo resolver esta questão a meu proveito)

7 comentários:

sem-se-ver disse...

meu deus!! que horror! que falta de orgulho pátrio!!!

querida praqui e pracoli, uma subserviência nojenta, venha cá querida patroa nossa, esperamos que goste das nossas lembracinhas?

vou ali vomitar e já venho.

(desc o tom escatologico)

Helena disse...

Bem, eu só estava a pensar nos vinhos, azeites e chouriços.
Sobre o tom: não me apetece ver o vídeo outra vez para afinar a minha opinião.

Remato apenas com uma piscadela de olho, e esta frase: "a quem nos visita, o sol da nossa simpatia!"

(hihihi)

Leonor disse...

Que é isto? Por favor, parem de mandar recados aos alemães :(

Helena disse...

hehehe, Leonor.
A gente na minha terra ri-se muito...
;-)

sem-se-ver disse...

pois, imagino. :-(

tenho vergonha.

Paulo disse...

Quero esconder-me num bu'aquinho.

Helena disse...

Há milhões de vídeos no youtube. Não se preocupem, mais um menos um...
É como dizia o Kaminer: essas coisas depois diluem-se na internet.