22 outubro 2012

a quem interessar possa (e more em Berlim)


Amanhã, 23.10.2012, o Lunchkonzert no foyer da Filarmonia, à uma da tarde, é imperdível (para mim, pelo menos): o Walter Seyfarth e o seu clarinete!
Dois trios para clarinete, violoncelo e piano - Kahn e Brahms.
Já estou lá sentada no chão mesmo em frente ao estrado.



E à noite há Patricia Petibon a cantar a Shéhérazade de Ravel.
Eu bem digo que esta cidade é um stress...

3 comentários:

Paulo disse...

Vais ouver a Petibon?

Helena disse...

Vou, pois!
Ela é mais famosa no barroco, mas quero ver como é com Ravel.

Paulo disse...

Depois conta. Ela esteve cá na temporada passada mas não fui vê-la. Confesso que não sou freguês, porém pode ser por culpa minha.