03 setembro 2012

blue moon



Este ano havia uma blue moon (nome que se dá a uma lua cheia se acontece duas vezes no mesmo mês), e foi justamente a data escolhida para o funeral do Neil Armstrong.

Ia descambar para um post todo melado e assim (afinal de contas, o Neil Armstrong foi o primeiro de uma longa série de celebridades que me passaram despercebidas - enquanto ele saltava lentamente pela lua, eu encantava-me com o meu carioca de limão), mas fui dar uma voltinha pelo Buzz Aldrin na Wikipedia, e só me dá vontade de rir:

"Aldrin, a Presbyterian, was the first person to hold a religious ceremony on the Moon. After landing on the Moon, he radioed Earth: "I'd like to take this opportunity to ask every person listening in, whoever and wherever they may be, to pause for a moment and contemplate the events of the past few hours, and to give thanks in his or her own way." He gave himself Communion on the surface of the Moon, but he kept it secret because of a lawsuit brought by atheist activist Madalyn Murray O'Hair over the reading of Genesis on Apollo 8. Aldrin, a church elder, used a pastor's home Communion kit given to him by Dean Woodruff and recited words used by his pastor at Webster Presbyterian Church. Webster Presbyterian Church, a local congregation in Webster, Texas, (a Houston suburb near the Johnson Space Center) possesses the chalice used for communion on the Moon, and commemorates the event annually on the Sunday closest to July 20. Aldrin, a Freemason, also carried to the Moon a special deputization from Grand Master J. Guy Smith, with which to claim Masonic territorial jurisdiction over the Moon on behalf of the Grand Lodge of Texas."

Pobre lua: logo na primeira visita, foi invadida pela bandeira dos EUA, a Igreja e a Maçonaria!
(Só falta mesmo a troika.)

5 comentários:

Gi disse...

:-) Bem visto.

Helena disse...

hehehe

Goldfish disse...

Na lua não há quem pague os honorários dos senhores da troika... E com "donos" tão recheados como esses, o rating do sítio deve estar alto.

Paulo disse...

Pobres lunáticos! Achas que os marcianos também já tiveram que levar a dose?

Helena disse...

Não sei, Paulo.
Será que o Aldrin ainda trabalha na NASA?
;-)