19 novembro 2011

ó vida de mil faces transbordantes

Estava eu aqui calmamente sentada em frente à minha lista de 25 to-dos, e desta vez estava firmemente decidida a aviá-los a eitinho, quando o telefone tocou:
- Queres vir ao ensaio geral do concerto de hoje à noite? começa com o Requiem de Mozart e...
- Quero!

Pudesse eu não ter laços nem limites
ó vida de mil faces transbordantes,
para poder responder aos teus convites
suspensos na surpresa dos instantes.

7 comentários:

Paulo disse...

Naturalmente. Um to-do assim passa logo para primeiro lugar na lista.

sem-se-ver disse...

amava, amaria, ir a um ensaio de musica classica. requiem mozart? que bestial.

bom ensaio!!

Helena disse...

Paulo, sem-se-ver,
acabei de ouver um requiem de Mansurian que não é deste mundo. Quando recuperar, volto cá.

(com a sorte que tenho, é claro que tinha de assistir ao ensaio geral antes da estreia mundial de uma peça que vai entrar na História)

Paulo disse...

Então não era Mozart? Sou todo ouvidos.

Helena disse...

Hoje houve dois requiems: o de Mozart, e o de Mansurian, obra de 2011 por encomenda do RIAS Kammerchor, no qual este compositor arménio lembra as vítimas do genocídio que atingiu o seu povo. É de um trágico e de uma beleza indescritíveis.

sem-se-ver disse...

ih pá, deve ser... ser....!!


(a proposito desse horror, viste este filme? http://www.imdb.com/title/tt0273435/

Helena disse...

Vi, pois! Mas obrigada pelo link, já não me lembrava do nome.
Pensei muito em cenas desse filme enquanto ouvia aquele requiem.