19 abril 2011

alvíssaras!

A boa notícia do dia: há uma dieta para emagrecer baseada em comer tanto quanto se quer, ou até mais. De duas em duas horas: toca a fazer mais dieta.
O meu irmão disse-me ontem que perdeu dois quilos em pouco tempo. Sem nunca ter sentido fome.
Quem quiser o nome do médico, eu vendo.
(hihihi)

Claro que não é tudo perfeito: acabaram-se os refogadinhos, os azeitinhos, essas coisinhas.
Portanto, plano B: troco o nome daquele médico por receitas de comidas saborosas e sem gordura.

4 comentários:

sem-se-ver disse...

oh helena, sabes lá como preciso... engordei tanto por ter deixado de fumar (melhor dito, quase deixado de fumar). que chatice.

mas é verdade que essas dietas resultam: deixa-se de poder comer tudo o que é bom e a recompensa é poderes comer de 3 em 3h tudo o que quiseres, desde que não seja tudo o que é bom... :/

Paulo disse...

Manda lá a dieta, vá.

Helena disse...

ah, também conheces? Ele diz que se anda a sentir óptimo.

Uma vez nós fizemos Montignac. Nunca tínhamos fome, é verdade, e íamos tendo uns bons molhos e até refogadinhos. Ao fim de 3 meses da primeira fase fomos a casa de uns amigos que fazem uma alimentação tradicional, e o nosso corpo ressentiu-se. Como se tívessemos feito 3 meses de limpeza, e ele se tivesse desabituado de comer "porcarias".
O meu corpo ainda não está muito habituado: a melhor maneira de fazer dieta é ir cedinho comer alguma coisa ao McDonalds: passo o resto do dia enjoada...

Helena disse...

Paulo, deixa-te de coisas: não precisas!