12 março 2012

perpetuum mobile

Outra vez segunda-feira de manhã. Mais uma semana que começa, mais trabalho sempre novo sempre igual, mais sete vezes a pergunta "o que vou fazer para o jantar?", e tantos gestos repetidos, tantos deles vazios e tontos como a letra desta canção, uma e outra vez, uma e outra vez.
E contudo: a alegria.

(de onde vem, em que fonte bebe, que força é a sua, que atravessa manhãs cinzentas para mas iluminar por dentro?)

2 comentários:

sem-se-ver disse...

do amor

:)

bom dia e boa semana

Helena disse...

:-)

Bom dia, boa semana para ti também!