21 fevereiro 2013

o circo

Há quem sonhe fugir com o circo - eu limito-me a ficar quietinha em casa, e o circo vem ter comigo.
Esta semana é o Kevin Beverley. Senhoras e senhores, este:

(atenção, a fã nº1 sou eu, mas é que nem pensem, vi primeiro! xô, cheguem para lá, não empurrem)


Kevin Beverley - Trapeze Artist|Dancer|Acrobat from Émile Mathieu on Vimeo.

(Na próxima segunda-feira, dia 25, está na GOP Hannover, às oito da noite. A seguir regressa ao Canadá, e depois começa uma tournée nos EUA, com les 7 doigts de la main.) (Tinha de contar tudo, tinha? Maldita costela católica que não me deixa guardar o que é bom só para mim...) (E também sabe dançar sapateado, e arruma a louça depois de comer, e é incrivelmente simpático - sobretudo isso: uma presença incrivelmente simpática e leve.)

5 comentários:

Paulo disse...

Também arranja torneiras e passa a ferro? Que categoria!

Helena disse...

Torneiras acho que não, porque a nossa na cozinha está avariada e ele não se lembrou de concertar. Passar a ferro também não, porque o monte de camisas do Joachim ainda está talqual.
Mas lê este blogue - põe-no no tradutor automático, e está a andar.
Nem imaginas a minha cara quando vi as cerejinhas no portátil dele, e por baixo: "2 fingers of conversation". Ai! ;)

Paulo disse...

"2 fingers of conversation"? Eu bem digo: que categoria! É pena não ter jeito para os outros trabalhos, mas também, por outro lado, já sabemos que a perfeição não existe.

Interessada disse...

Fantástico! gostei imenso de o ver. Obrigada, Helena.
Penso que é o tal rapazinho amigo do Mateus (perdoe-me se o nome não está correcto)-certo?
Penso que as pessoas felizes são simpáticas e leves. Os outros talvez não tenham culpa :)

Helena disse...

Interessada, vi primeiro! ;-)

Sim, se calhar é isso mesmo: é uma pessoa feliz.