03 julho 2012

correio das ilhas III (5)

Olá, Rita e Carla,

São João no Porto: a cidade envolta no fumo e nos aromas da sardinhada - vista da ponte, ainda mais irreal que habitualmente.
Descemos das Fontainhas para o rio, pelo meio das travessas engalanadas e das mesas postas nos patamares das escadas. Uma alegria.
Arranjámos lugar num restaurante para lá da ponte de D. Luís. As sardinhas não prestavam – até as de Berlim, congeladas, souberam melhor. Mas que importa?
Comprámos martelinhos (martelões,  autênticas mocas, que este era o primeiro São João do Matthias) e fomos para Gaia ver o fogo. Belo espectáculo, com um final avassalador.

Já não me lembrava disto: o Porto é uma naçom, a minha.




















(as fotografias foram feitas pelo Matthias, com o seu iPod)

4 comentários:

Paulo disse...

A cidade até parece ter ardido. Foi rija a festa, pá?

Helena disse...

a festa foi um espanto, Paulo. Temos de fazer isto juntos - mete todos os outros prodígios num chinelo. :)

Mar* disse...

A nossa naçom é uma beleza, ainda para mais engalanada para os Santos.

(Dizem que sardinha boa só lá para Setembro :( )

(Parabéns ao Matthias pelas fotografias!)

Helena disse...

:)