28 fevereiro 2012

bom dia!

A minha manhã começou com um e-mail muito especial, de alguém que está a passar uma difícil fase na sua vida e tenta atravessá-la com dignidade e optimismo. "Acredito mesmo que a vida só nos impõe aquilo que conseguimos suportar", diz ela, acrescentando logo a seguir palavras de compreensão para quem não consegue, por um ou outro motivo, carregar o seu fardo. Como a compreendo! E quantas vezes já olhei para trás e me perguntei com surpresa de onde me terá vindo a força para o tanto que carreguei.
Pensando nela, e também num amigo muito querido que não desiste de procurar a água no deserto que vem atravessando há anos, aqui deixo um bocadinho de serenidade:



É a Dame Janet Baker, acompanhada ao violino por Mr. Darcy (sim, aquele violinista só pode ser o Mr. Darcy).


Morgen!

Und morgen wird die Sonne wieder scheinen
und auf dem Wege, den ich gehen werde,
wird uns, die Glücklichen sie wieder einen
inmitten dieser sonnenatmenden Erde…
und zu dem Strand, dem weiten, wogenblauen,
werden wir still und langsam niedersteigen,
stumm werden wir uns in die Augen schauen,
und auf uns sinkt des Glückes stummes Schweigen...


Uma tradução possível (tirada daqui, onde há outras)

Tomorrow!
 And tomorrow the sun will shine again
And on the way which I shall follow
She will again unite us lucky ones
As all around us the earth breathes in the sun
Slowly, silently, we will climb down
To the wide beach and the blue waves
In silence, we will look in each other's eyes
And the mute stillness of happiness will sink upon us

 Já há dias tinha posto aqui a mesma canção, mas por Jonas Kaufmann e Helmut Deutsch.

4 comentários:

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
Acredito que a nossa força está em cada olhar amigo,em cada palavra de carinho recebida.
Grande abraço
se cuida

Mar* disse...

:)

Boa Tarde!

Helena disse...

Boa tarde, Mar. :-)

Helena disse...

Para A vida é um eterno aprendizado:
Sim, os amigos, o carinho - muito importantes.