18 fevereiro 2012

Bertolt Brecht e Helena Araújo (ahem... ahem...)



Morgens und abends zu lesen

Der, den ich liebe
Hat mir gesagt
Daß er mich braucht.
Darum
Gebe ich auf mich acht
Sehe auf meinen Weg und
Fürchte mich vor jedem Regentropfen
Daß er mich erschlagen könnte.

- Bertolt Brecht



Para ler de manhã e à noite

Aquele que amo
Disse-me
Que precisa de mim.
Por isso
Tomo cuidado
Vejo por onde ando e
Temo que cada gota de chuva
Me possa ser fatal. 

- Bertolt Brecht

(tradução pelo irmão do Speedy Gonzalez - aquele que, além de não ter tempo, não sabe traduzir poesia)


E agora, tã tã tã tããããã... um poema de Helena Araújo, parafraseando o Mestre:


Aquele que estimo
Disse-me
Que fico muito bonita
Com as pernas por fora
Do casaco de Inverno.
Desde então
Tenho rapado um frio
Que nem vos digo
Nem vos conto.


7 comentários:

snowgaze disse...

LOL
sei tao bem o que isso e'... mas aos -15C desisti... :)

Interessada disse...

Gosto muito da fotografia :D

sem-se-ver disse...

ahahahah

mdsol disse...

:)))))

Helena disse...

Olá,
ainda bem que estamos todas de acordo: :D

Snowgaze, aqui não está assim tão frio.
Interessada, também gosto muito da fotografia. Richter atrás de mim, a Filarmonia à frente, e ao lado a cúpula do Sony Center. Adoro esta cidade.

cjs disse...

o que vale é que tens um corpo espetacular.

Helena disse...

O que tu querias dizer, cjs, é:

o que te vale é que consta que "tens um corpo espetacular"

Isto é só urban legends!...