03 abril 2014

Arménia - uma amostra

O Ricardo Espírito Santo pôs ontem este filme na net, acompanhado por este texto:

diziam-me que era impossivel, nunca antes a Fundação Gulbenkian financiara um documentário. 

Mas a ideia é tão boa, pensámos nós!

E voámos, ano passado, para a Arménia. Nada como produzir um breve trailer. Acreditámos. Cedemos às nossas convicções 

E filmámos. Semana e meia em intenso registo. E mostrámos à Gulbenkian.
Apoiaram!

Essa é que é essa!

Em 2015, 'celebra-se' o centenário do genocídio do povo arménio.
É uma história extraordinária que não pode nem deve ser esquecida.

O nosso enfoque será muito pouco bélico, antes mergulhar na cultura arménia e, dessa forma, partilhar a resiliência dum povo admirável.

Domingo, a aventura vai começar: 5 dias em Berlim e, de seguida, Yerevan, capital da Arménia.

Em anexo, um aperitivo.


Arménia from Terra Líquida Filmes on Vimeo.

Aperitivo, muito bem dito. Nem queiram saber os pratos de substância que por aí vêm.
Este povo é fascinante.

**

Uma legenda: isto foi filmado no dia 24 de Abril, quando os arménios se dirigem àquele monumento, numa colina sobre Yerevan, para deixar uma flor junto à chama eterna feita campa simbólica para o milhão e meio de pessoas abandonadas mortas na berma da estrada, ou atiradas vivas ao mar.
Avançam com calma e dignidade, famílias, avós e netos, grupos escolares, grupos de jovens. Não gritam palavras de ordem, não se agitam. Pousam uma flor, e rezam o Pai Nosso.


3 comentários:

Lucy disse...

E que aperitivo! Estou ansiando pela refeição completa...

calita disse...

Já tinha ficado curiosa depois da nossa conversa. Agora estou muito mais.

Helena disse...

Ai que responsabilidade!
Por sorte, o Ricardo Espírito Santo é sinónimo de qualidade. É bom saber que isto está em muito boas mãos.