06 outubro 2012

to Rome with love



Depois de Londres, Barcelona e Paris: Roma. E o próximo filme desta série já está a ser filmado: em San Francisco.

Não será o nosso velho Woody Allen - talvez apenas um Woody Allen mais velho. Mas, ainda assim, cheio de graça e auto-ironia, recheado de situações inesperadas ou desconcertantes ou hilariantes - ou tudo isso de uma vez só. Passámos o filme a rir, o que já vale bem o preço do bilhete.
Vê-lo com alguém que goste de ópera torna-o ainda mais divertido - na nossa sala de cinema, notava-se bem quem eram os apreciadores de ópera: eram as pessoas que davam saltos nas cadeiras, em gargalhadas ainda mais estrondosas que os outros.

Quando foram perguntar ao Benigni o que tinha comido ao pequeno-almoço, sorri ao Woody Allen:
- Estás em forma, rapaz! Continuas a saber deitar o nosso mundo num divã.

(E parece escrito a pensar numa certa pessoa que eu conheço, uma que só canta bem no chuveiro e que passa a vida a dizer "se me deixassem mandar..." - mas estranhamente, nos créditos finais, não vinha escrito "to Helena Araújo with love". Deve ter sido lapso.)

4 comentários:

Gi disse...

Falaram-me do filme ontem, e falaram-me das óperas... Quer dizer que tenho de ir vê-lo.

Helena disse...

Acho que sim, Gi.
Acho que vais adorar a parte da ópera.

Paulo disse...

Também quero.

Helena disse...

:)