25 outubro 2011

vejo, com satisfação, que não estou sozinha na minha perplexidade...

O Nuno Serra também se pergunta, no Ladrões de Bicicletas, porque é que os Bancos podem subir as taxas de juro de certos países com base nos ratings, mas exigem dos Estados que sejam solidários e não deixem nenhum deles entrar em incumprimento. Ou é um empréstimo de risco (o que justificaria os juros altos, porque se corre o risco de não receber o dinheiro de volta) ou então não é (e não se justificam os juros altos).

Vejo, com satisfação, diz ela.
Satisfação...
Está tudo maluco. Só é trágico que os bilhetes para este show sejam a um preço tão alto, e sejam pagos pelos que menos têm. 

2 comentários:

Carlos Azevedo disse...

Helena, no que concerne aos bancos, formei opinião há muito tempo: não são pessoas de bem, e todo o cuidado é pouco.
O último parágrafo do post resume bem o que eu penso -- tal e qual.

Mery disse...

Estou torcendo por todos daí, da terrinha do meu paizinho, que a vida melhore e possam atravessar '"isso com firmeza e fé.
Beijos da Mery*