06 maio 2014

"esta cidade é um stress..."




Ando tão atrapalhada a tentar acabar de escrever o próximo livro, que quase me esqueço de contar que acabou de sair o anterior...

Não é bem um livro inteiro, é apenas um capítulo sobre a vida cultural em Berlim. Com o título (aposto que adivinharam) "Esta cidade é um stress..."

Tem frases bonitinhas como esta, que escrevi com a secreta esperança de que algum dia alguém afirme alto e bom som no palco europeu que estes princípios devem valer para todos os países da União:

Como muitos outros países, a Alemanha atribui às ideias e à criatividade um lugar central na economia do séc. XXI, e acredita que um futuro de prosperidade económica se funda na cultura – não como luxos das elites, mas como elementos basilares da formação de todos os cidadãos -, e na criação de milieus de criatividade. A indústria cultural é uma peça chave na competição renhida que as cidades travam, a nível internacional, para atrair a classe criativa. No caso de Berlim, este setor dá emprego a mais de 120.000 pessoas, representa cerca de 11% do PIB da cidade e é desde há muito um elemento central da sua imagem de marca.


2 comentários:

Paulo disse...

Estamos aqui tão longe de Berlim. E não me refiro apenas aos quilómetros.

Helena disse...

Pois...
Escrevi aquelas coisas propositadamente para os portugueses poderem usar nos debates europeus: a União Europeia também se constrói com critérios comuns no que diz respeito à importância da cultura para a prosperidade.