13 fevereiro 2013

estranha coincidência


Num calendário de 2013, que já estava pronto desde Agosto de 2012, a folha de 10.02.2013 tinha um cartoon onde se via o Papa a ganhar o totoloto e a dizer "Santíssimo Caramba! Amanhã despeço-me!"

***

E por falar em totoloto: o diário berlinense Tagesspiegel dizia hoje que "se Ratzinger pedir uma boa reforma, com certeza que não lha negarão. Afinal de contas, os direitos dos seus livros são uma enorme ajuda para as contas deficitárias do Vaticano."


7 comentários:

jj.amarante disse...

Reforma? De cada um segundo as suas possibilidades, a cada um segundo as suas necessidades.

Para o quê é que o Papa precisa de dinheiro, estando em comunhão plena com a Igreja?

Helena disse...

Para um dia que lhe apeteça pecar, por exemplo. Que um ex-Papa é sobretudo um ser humano, não é um panfleto ideológico.

Baltazar Garção disse...



Calma: sempre me disseram que o Papa era um Santo e, cumulativamente, infalível, ou estarei desactualizado?

jj.amarante disse...

Aqui: http://noticias.terra.com.br/mundo/europa/renuncia-do-papa/coexistencia-de-bento-xvi-e-novo-papa-cria-situacao-inedita,f0b921bd679dc310VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html

sugerem que ficará a viver no Vaticano. O meu colega italiano tem familiares que trabalham no Vaticano e disse-me que têm de se recolher aos aposentos bastante cedo. Mas claro que não será por isso que o ex-papa não irá frequentar a noite Romana. Deve ler, rezar, ler, talvez escrever um pouco...

Helena disse...

Baltazar, o Ratzinger terá lá alguma culpa do que sempre te disseram?
;-)

Mais vale que deixem o homem em paz.

Helena disse...

jj. amarante,
onde é que ele vai viver, a que horas vai dormir, e o que faz enquanto está acordado: é para o lado que durmo melhor.

Limitei-me a referir dois factos curiosos: o Vaticano (de que se diz "nadar em dinheiro") tem afinal problemas financeiros; o Ratzinger recebe uma pequena fortuna em direitos dos livros que escreveu. Acrescento outra informação, que li há bocadinho: na Alemanha os livros dele estão a vender mais que os do Harry Potter.

Baltazar Garção disse...



Helena,

claro que não tem culpa, tirando a treta da vaquinha e do burrinho no Presépio, que ele também manteve até muito recentemente...

:-)


Por mim vou deixá-lo bem em paz, fica descansada.


Já quanto à veracidade disso tudo "que sempre me disseram", há muito que descobri de quem foi essa culpa e não espero caír nunca mais em semelhante esparrela (nem vou deixar que contaminem os meus filhos com ela)!