23 janeiro 2013

o Chopin é que entende o Fox



O Fox já consegue agarrar a sua própria cauda. Fica um bocado tonto naquela figura de pescadinha de rabo na boca, depois larga a cauda, e recomeça.

2 comentários:

Gi disse...

Isso pode não ser bom. Diz que um cão que brinca a agarrar a sua própria cauda anda neurótico. Vê lá se lhe faltam passeios ou companhia.

Helena disse...

Obrigada pelo aviso, Gi. Também já me falaram disso no facebook.
Isto é que é uma vida: uma pessoa a pensar que tem um cãozinho que vai reescrever uma valsa de Chopin, e afinal pode ser comportamento compulsivo.
Para te descansar (e a mim): só vi o Fox fazer isto três vezes, em seis meses. Das duas primeiras, com um intervalo de mais de um mês entre elas, tentou durante breves minutos, sem sucesso. Quando escrevi este post, ele tinha acabado de conseguir a façanha de agarrar o rabo. Mas não fez mais do que três vezes seguidas (agarrar, largar, recomeçar). Espero que tenha sido apenas por não ter mais nada para fazer. Vou ficar atenta. Obrigadíssima pelo aviso.