09 junho 2012

"pacto de redenção"




Agora em poucas palavras: o nome que os alemães deram a esta proposta de resolver o problema das dívidas estatais foi

pacto de amortização da dívida (Tilgungspakt)

O ingleses traduziram "Tilgung" para 

debt redemption (e abreviaram para redemption)

O jornal i publicou a notícia sobre esse pacto, traduzindo debt redemption pact para 

pacto de redenção

Muitos portugueses leram, e ficaram chocados com a arrogância dos alemães. 

Por favor avisem-me quando o jornal i escrever um texto a pedir desculpa aos seus leitores por tê-los induzido em erro - se o jornal i precisa de um desenho, encontra-o no princípio deste post. 
Trata-se de um erro inadmissível do tradutor, e um erro ainda mais inadmissível do jornalista que aceitou essa tradução sem achar estranho que a Alemanha fosse capaz de tal arrogância e mau gosto - ora, bem se devia ter lembrado que quando a esmola é grande...

5 comentários:

camalees disse...

Helena, pode ficar sentada, infelizmente.

Fernando Vasconcelos disse...

Hum, traduções apressadas dão nisto ... nunca me esquecerei de um meu "je suis constipé ..." numa sala de aulas algures em Lisboa :-)

jcd disse...

Lamentavelmente ninguém a vai avisar de nada. Apesar de não gostar de generalizações os últimos anos têm sido férteis em mostrar pouco brio e rigor profissional dos jornalistas. Temos que nos manter (ainda) mais críticos e cépticos do que o que gostaríamos.
Joana

Helena disse...

Fernando Vasconcelos, toda a gente comete erros. Mas um erro deste calibre tem ter consequências para quem o cometeu.
No seu caso, provavelmente riram-se de si.
No caso desta notícia de jornal, "confirmaram" que os alemães são, como aliás sempre se soube, gente de má índole...

Joana, Helena: pois...

Carla R. disse...

Porque não enviar um e-mail à redacção ?