20 dezembro 2011

como se a minha lista de "to do" não fosse já enorme...

Acabei de lhe acrescentar estes pontos:
- fazer camas para oito pessoas
- arrumar e limpar a casa toda impecavelmente
- arrumar e limpar a casa das bonecas impecavelmente, que está num estado pós-tsunami por causa de um miúdo de dois anos que passou cá uns dias no Verão
- ir comprar uma roupinha nova (hehehe)
- ir ao cabeleireiro (hehehe)
- perguntar aos amigos o que é que acham que devo dizer quando me perguntarem isto e aquilo
- treinar ao espelho caras de surpresa, e de simpática, e assim

Por causa do encontro de Taizé, no fim do ano Berlim vai ser invadida por miúdos do mundo inteiro, e ainda falta alojamento para 6.000. Enchemo-nos de pena, e dissemos que recebíamos aqui oito. Até podiam ser dezasseis, mas não me apetece servir o pequeno-almoço por turnos. Agora telefonaram-me da televisão a perguntar se podem vir cá fazer uma reportagem. Heleninha a abrir a porta da rua fazendo cara de "Perdoa-me!". Heleninha a mostrar a casa disfarçando a aflição quando a câmara começar a chegar muito perto do pó. Heleninha a disfarçar a baba quando eles forem ao quarto do Matthias, onde mais de metade do pessoal vai dormir, e filmarem o dispositivo que o rapaz inventou, com peças de Lego, para apagar a luz sem ter de se levantar da cama. Por falar nisso, mais uma linha para a to do: ir aprender como é que aquilo funciona, para não ficar mal em frente à câmara de televisão. 

E depois, com a quantidade de coincidências engraçadas que acontecem na minha vida, às tantas ainda me saem jovens portugueses filhos dos meus amigos. Heleninha a fazer cara de "pssst, vamos fazer de conta que não nos conhecemos", e a falar inglês com eles.

8 comentários:

Luis Novaes Tito disse...

Afinal sempre houve prémios :)
Sairam-lhe todos a si.
8? Bolas, que mulher corajosa.
Bom sucesso e nada de muito charme para a televisão senão para o ano tem aí 24, ou 48 para experimentarem as engenhocas do Lego. :)

Helena disse...

Chame-lhe prémios, chame...
Não é preciso muita coragem para receber cá oito pessoas. Em teoria, só é preciso dar-lhes dois metros quadrados a cada um, e o pequeno-almoço.
Obrigada quanto ao conselho sobre o charme. Ora aí está uma gestão no fio da navalha! Lá vou eu outra vez treinar caras para o espelho... ;-)

mafalda disse...

Oh que vontade de calhar nesse quarto!!! Também se inscreveram para receber os voluntários que chegam dia 26? Eu vou manter os dedos cruzados :)

Helena disse...

Mafalda: :)))
Mas não. Só a partir do dia 28.

Paulo disse...

Heleninha, é desta que vais ficar famosa.

Helena disse...

Espero é que não seja pelas piores razões!
;-)

Lucy disse...

Estou desejando que chegue o momento de poder ler o relato de tudo isso!

Helena disse...

Lucy,
se sobreviver, conto!
;-)