11 outubro 2011

Berlinda

Senhoras e Senhores,
tenho o prazer de apresentar a...

- ta-ta-ta-raaaa e rufar de tambores -

...a BERLINDA! A berlinda.org, mais propriamente. E passo as palavras de apresentação à própria:


Berlinda: carruagem antiga de dois assentos e quatro rodas, para o transporte da imagem de santos; estar na berlinda: ser alvo da atenção geral, ser o assunto do dia; pôr na berlinda: chamar a atenção para, focar, realçar, acentuar, dâr ênfase a, enfatizar, sublinhar.
(Do fr. berline, “berlinda“, de Berlim, cidade alemã de onde a carruagem era importada)

Berlinda.org é uma publicação online dedicada à interação cultural entre Berlim e o mundo de língua portuguesa.
Berlinda.org dirige-se por um lado aos falantes de português que queiram usufruir da rica actividade cultural de Berlim, e também aos berlinenses interessados na cultura em português. É assim um magazine cultural bilateral, para visitantes e residentes, alemães e estrangeiros, e para todos os interessados nas trocas culturais entre Berlim e o mundo de língua portuguesa.


Berlinda.org descobre a cidade na perspetiva do Outro, que é à vez alemão, português, brasileiro, angolano, moçambicano, cabo-verdiano, são tomense, guineense ou timorense. Mostra a cidade vista por dentro, relata a mestiçagem cultural que nela diariamente se vive, e salienta também aspetos endémicos, de interesse para o visitante e/ou residente.
Berlinda.org pretende ser uma plataforma para a mostra da criação artística e fenómenos culturais destes dois mundos - Berlim e o mundo que fala português, um espaço para o olhar subjetivo do Outro sobre esses fenómenos, e sobretudo um lugar para a reflexão sobre as trocas e influências mútuas daí resultantes.
Berlinda.org é um roteiro para a descoberta, uma ponte entre estes mundos.
Um lugar para várias culturas, vistas pelo olhar do Outro.

***

E diria mesmo mais: grande ideia, esta de criar um magazine de interacção cultural entre Berlim e o mundo de língua portuguesa!
E reincidiria: uma bela ponte entre estes dois mundos.

(aaah... eureka!, acabei de descobrir que a dupla Dupont/Dupond não era redizente, mas reincidente.)

E faria marcha atrás nas minhas próprias palavras: até ao ponto onde estes dois mundos se confundem e transformam mutuamente, e não se sabe mais qual é qual, e como seriam um sem o outro. Só para terem uma ideia, passeiem um bocadinho por este divertido delírio do José Eduardo Agualusa - tão plausível, em Berlim! Ou esta descrição do bairro Neuköln. E tanto mais.

Tem também um cartaz por onde passam os "nossos" artistas - a falta que isso me tem feito!
Abençoada berlinda.org, que me oferece uma Berlim mais minha.

Onde me ofereço, também: a partir de hoje contarei lá, como aqui (com marcador Berlinda.org), as minhas andanças berlindenses.

5 comentários:

Mar* disse...

Estou "marabilhada" ;)

Vou já lá ler tudinho (assim que despachar aqui umas coisas, vá), mas só por esta apresentação, sou fã a partir de agorinha mesmo.

António P. disse...

Bela iniciativa, Helena.
Lá terei que a divulgar na minha tasca :)
Cumprimentos

...e eu que nunca fui a Berlim :(

Helena disse...

E é para estar, mesmo!
É uma grande ideia, e já está cheia de contribuições muito interessantes.

Helena disse...

António, atenção: eu sou apenas colaboradora. A ideia não é minha - mas é genial, concordo.

Nunca veio a Berlim? Está à espera de quê? ;-)

Ainda hoje estive a ver os voos da easyjet: por uns 120 euros consegue a passeata, e até trazer uma malinha de 20 kg.

sem-se-ver disse...

espectáculo...