04 janeiro 2016

feels like


A seguir ao Natal li algures que no Pólo Norte as temperaturas estavam quase 50 graus acima do habitual. Imaginei que o equador se teria mudado para uns andares mais acima, imaginei os ursos polares a dançar lambanda, mas não é bem isso. Foi "apenas" que em Dezembro se mediram no Pólo Norte temperaturas positivas, até aos 10º, quando o habitual nesta época é 30 ou 40 graus negativos.

Pouco depois Berlim arrefeceu repentinamente. Desconfio que o Pólo Norte se tenha mudado para cá. 

Antes disso tivemos o Natal mais quente de sempre em Berlim. As minhas roseiras e árvores de fruto já estavam a puxar folhinhas novas, quando de repente caiu sobre elas este frio inóspito. Enquanto embrulho a figueira numa capa protectora, penso como farão os agricultores para proteger as colheitas da próxima época.

Diz ali que os 11 graus negativos de Berlim feel like 19 negativos. 
É mais feels like começar a temer que venham por aí grandes crises de fome à escala planetária.  


2 comentários:

jj.amarante disse...

Tenha cuidado com os ursos polares, podem ter emigrado para Berlim.

E esse processo de enganar as plantas com um calorzinho para depois as expor ao frio assassino é usada pelos agricultores em Portugal, onde cobrem um dado terreno com plástico para criar um ambiente quentinho para as ervas consideradas daninhas e, quando elas despontam, tiram o plástico para elas morrerem. Chama-se "pasteurização dos terrenos".

Helena disse...

Ai que a minha rica figueira vai ser pasteurizada... ;)