11 outubro 2013

os prémios Nobel em 2013



A ver se me entendo: o da Medicina foi para a Alemanha (ou pensam que só em Portugal se contam estas coisas assim?), o da Física foi para Teologia, o da Química foi para Informática, o da Literatura para uma como-é-possível-eu-ter-chegado-a-esta-idade-sem--conhecer-esta-escritora?, e o da Paz foi para um grupo de opositores de armas químicas - o que tem a sua graça, tendo em conta que o Alfred Nobel inventou a dinamite e ganhou o seu dinheiro com armas.
Agora só falta entregar o da Economia à Merkel: para insistir nas suas políticas de estabilização do Euro, ela deve saber alguma coisa de Economia que mais ninguém no mundo sabe...

2 comentários:

Pedro disse...

Uma professora universitária que conheço costumava dizer que o juri dos prémios Nobel eram uns velhinhos suecos que ninguém conhece... e isso explicava muita coisa :)

Helena disse...

:)
Parece que os cargos são vitalícios. Se não morrerem antes do tempo, acabam por ficar velhinhos, sim.

E agora: será que o Putin vai mandar o seu exército invadir a Suécia? ;-)