10 junho 2013

talent- talant






Vejo no Valkirio que Elisabete Matos será hoje condecorada com o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.


TALANT DE BIEN FAIRE quer dizer talante, desejo ou vontade de bem fazer, e exorta a um esforço pessoal de perfeição. Não tem nada a ver com a corrupção que, por facilidade, se dá à palavra “talant”, substituindo-a por “talent”, cujo sentido apontaria para uma qualidade própria intrínseca e independente da vontade ou do esforço de quem a possui. (daqui)

No caso, penso que se podia abrir uma excepção, e escrever: talent-talant de bien faire.
Era merecido.

3 comentários:

jj.amarante disse...

Essa deriva do significado de talento, do desejo ou vontade de bem-fazer para uma qualidade própria intrínseca cai na luta perene entre o que se atribui ao treino e o que vem nos genes. Na cultura portuguesa predomina a apreciação pelos genes, noutras culturas é ao contrário.

Helena disse...

Pois é. Tenho estado a pensar de quem era aquela frase sobre a arte ser 5% talento e 95% suor, ou algo do género.
(Não era de um português)

Paulo disse...

aqui uma explicação para a evolução do sentido da palavra:

Certains mots ont une destinée singulière. Ainsi, le mot talent.

Très courant en ancien français, il signifie jusqu’au XVIème siècle "le désir",
"la volonté". Il est issu du latin talentum qui désigne une masse métallique,
un poids, et qui provient lui-même du talanton, le plateau de la balance.
Ce poids fait pencher le plateau. Talent signifie donc proprement "l’inclination".