10 abril 2012

recordações de uma Páscoa

- Um aleluia da Inês de Barros Baptista: que me perdoem os crentes, que buscam na liturgia a redenção dos pecados e na hóstia o encontro com deus, a mim faz-me sentido o mundo inteiro e cada um dos seres que o habitam morrendo e ressuscitando a cada dia que passa, faz-me sentido o céu mudando de tonalidade ao longo do dia, a comunhão de todos os seres numa essência comum, faz-me sentido experienciar deus nos gestos mais simples do quotidiano.

- Um sorriso pleno de ternura: a minha afilhada de 12 anos a esconder com os irmãos os ovos de chocolate para os pais e a avó procurarem. O tempo passa, e a vida reinventa-se de uma novidade para além de todas as expectativas.

- A segunda de Mahler, no Digital Concert Hall. Ah, a Bernarda Fink!
(ah, esse extraordinário mês de Fevereiro!)

- O paraíso, onde mais seria de esperar: segunda-feira pascal no Fim de Semana Alucinante.

2 comentários:

António P. disse...

Boa tarde Helena,
Anjinhos não os vi, mas que oa há lá isso há, basta abrir os jornais e ver os telejornais :)
Cumprimentos

Helena disse...

:)