28 março 2021

nos arredores dos famosos

 


No facebook anda esta corrente, que me deixa impressionada ao ver as listas de pessoas famosas perto de quem os meus amigos já estiveram, e a pensar que sou uma desgraçadinha, porque só a mim é que eles não acontecem.
E depois, de repente, fez-se luz. A Berlinale! Charters deles (a começar pelo Brad Pitt no tempo em que era bonito, a meio metro de mim, virado para mim, podem embrulhar esta muito embrulhadinha).

Ai, e a Filarmonia! Famosos às paletes. Nem vou começar a dizer nomes.

Escritores? Calateboca. Vários Nobel, e também uma cena de meter água em quantidades diluvianas: fui falar com o Agualusa pensando que era o Luís Rufatto (nem tentem entender, que eu também não).

Futebol - assim que me lembre, o Pinto da Costa esteve a jantar no mesmo restaurante que eu, mas noutra mesa. E se calhar já me desgracei com esta revelação.

Políticos - ia falar do Marcelo Rebelo de Sousa, mas esse, sendo muito famoso, já esteve perto de 99,9% dos portugueses, não impressiono ninguém. E se dissesse Marcelo Caetano desgraçava-me outra vez. Que tal: Merkel? Ou a Danielle Mitterrand e toda a família (confundi o filho dela com o dono do restaurante onde estávamos a almoçar, por um triz não me dirigi a ele para fazer um elogio à cozinheira)

IT: Bill Gates, easy easy. E alguns dos alemães mais importantes deste sector, mas essa é ainda mais easy: trabalhei na empresa deles no tempo em que comiam na cantina do pessoal.

O que me espanta agora, verdadeiramente, é ter andado uma semana a pensar que só os outros é que chegam perto dos famosos. Suspeito que ando a dormir em pé na minha própria vida.

Entretanto, proponho um novo passatempo, muito mais divertido: com que famosos é que vocês já meteram água?

Sem pensar muito, já vou em quatro. Deixem-me pensar mais cinco minutitos, e chego a vinte, ou mais.


Sem comentários: