04 outubro 2017

a culpa começou por ser da Hola

A culpa começou por ser da Hola: habituou-me a ver este Filipe de Espanha como um simpático figurante.
A culpa começou por ser da Hola, mas agora é dele.

(E nem sequer tenho opiniões firmes sobre a independência da Catalunha. Apenas tenho opiniões firmes sobre um governo que usa a força bruta contra cidadãos que querem pacificamente exprimir a sua vontade. Uma crise destas não se resolve nem com força bruta nem com um discurso tipo paizinho a falar com os filhos de três anos - e muito menos com um discurso tipo paizinho a falar com os filhos de três anos depois da força bruta.
"Eu bato-te, mas é para teu bem"?!
Mais valia ter ficado sossegadinho dentro da Hola.)




5 comentários:

Rita Maria disse...

"Mais valia ter ficado sossegadinho dentro da Hola" é maravilhoso!

Helena Araújo disse...

oooooh!
A Rita elogiou uma frase minha! Já ganhei o dia. :)

olga rodrigues disse...

Começa mal o seu reinado. Limitou-se a ser um ventríloquo do primeiro-ministro. Ou muda rapidamente de atitude ou não se vai fazer velho no cargo.

Filipa disse...

Por falar nisso, a HOLA ja deve estar a pensar numa edição em catalão, na qual este nem para figurante vai servir.

Toda a gestão do referendo foi de uma profunda estupidez, que apenas fortaleceu os extremistas. O Putin deve estar a gargalhar.

Lucy disse...

Gostei de ontem ler no La Vanguardia a frase de alguém que dizia "depois de ouvir o discurso do rei, república! república!"