17 dezembro 2014

o Correio da Manhã a desinquietar a maldadezinha que há em mim

(foto)

O raixparta do Correio da Manhã abriu-me o dia com uma notícia sobre uma terrível frente de frio, 3 graus negativos em Setúbal, 0 graus negativos em Sintra (nestes casos, quando é zero é negativo, não me queiram corrigir), coisas assim. Que o Natal só seria suportável no Algarve, com 8 graus.

E eu então esfreguei as mãos de maldadezinha, e fui chatear um amigo lisboeta que me tinha dito há tempos que Berlim tem um inverno que não se pode.

O Correio da Manhã à tarde veio dizer que não. Que vem uma frente quente, e que o Natal este ano parece que vai ser escaldante.

Gulp. Eis que de um golpe só revelei que (1) a maldadezinha também me assiste, (2) leio o Correio da Manhã * e, o mais grave de tudo, (3) acredito no que leio!

Devia ter dado mais atenção às canções horrorosas que me ensinaram na infância. Estava escrito: "por ser má fui infeliz".

(Agora fico à espera de novas peripécias para entender finalmente o sentido profundo de "atirei o pau ao gato-to-to")



(*) Em minha defesa direi que não leio o Correio da Manhã. Mas uma amiga tinha falado de uma notícia muito reles que envolvia um antigo chefe de Estado, e eu fiquei curiosa para saber quem seria a pessoa (pronto! já me desgracei outra vez!) e calculei que, se era reles, provavelmente estava no Correio da Manha. Não encontrei a tal notícia, mas escorreguei com grande estardalhaço nesta sobre a frente fria. Também estava escrito: Deus castiga! Parece que sim, parece que sim. Mas eu tinha esperanças que nesta época do ano lhe desse o espírito natalício...

(eh, lá! Será que estão a privatizar o céu, e o diabo já tem interesses maioritários nos sectores da Compaixão e do Perdão? Isso explicava tanto o meu comportamento como a mesquinhez do castigo.)

(hehehe, eis como no espaço de um post consigo confessar o crime, mostrar arrependimento e arranjar um bode expiatório!)


3 comentários:

Lucy disse...

pois, estava estupefacta por seres leitora do CM...

Helena disse...

Não sou! Mas confesso que consultei o CM movida por uma cusquice abjecta.

Estou a ver que me desgracei definitivamente com este post...
:)

Lucy disse...

quem nunca foi cuscar ao CM atire a primeira pedra...