06 janeiro 2014

Lucas Cranach der Ältere

Lucas Cranach der Ältere: dizem que começou a pintar cenas mitológicas e bíblicas (como Adão e Eva) para poder ultrapassar a censura do seu tempo, e representar mulheres nuas - que se vendiam como pãezinhos quentes. Do seu atelier saíram as imagens pirelli, digamos assim, do mundo quinhentista. Apetecia-me pespegar estas imagens no facebook, e dizer ao Zuckerberg que isto é só fé. Muita fé, Zuckerberg, muita fé.

Os quadros estão num pequeno museu em Berlim, Jagdschloss Grunewald. Estão-se a oferecer para um dia eu ir lá passar uma tarde sossegada, com máquina fotográfica, tripé e mais saber que o que tenho.








8 comentários:

Paulo disse...

Até fechei os olhos para não ver tanta sem-vergonhice.

Cristina Gomes da Silva disse...

Deixa-te de pudores em forma de remela, Paulinho do nosso coração :-)

Helena disse...

Eu imaginei o Paulo a fechar os olhos, mas só um de cada vez...
;-)

Cristina Gomes da Silva disse...

Um de cada vez e com os dedos a fazerem de grelha. Sim, quem não o conhecer que o compre que a gente tem-no de graça e com graça :-)

Helena disse...

hehehe, os dedos a fazerem de grelha foi a primeira coisa de que me lembrei - ou estamos telepáticas, ou conhecemos muito bem o nosso Paulo!

Cristina Gomes da Silva disse...

eu acho que são ambos os dois. E agora me vou que tenho a cria para ir buscar à escolinha e compras para fazer o jantar. Uma sopinha de feijão com nabiças e enchidos. Uma sopinha como deve ser, portanto. És servida? Bjs

Helena disse...

Sou servida, pois claro que sou servida! Eu, e as minhas saudades da lusa sopa.

Paulo disse...

Resta-me um :)