27 maio 2012

Roma! (3)


Há 10 anos o Joachim passou umas semanas em Roma, e ficou num apartamento medieval numa rua estreitíssima junto a Campo de' Fiori. Desta vez, ficámos uns 300 metros e uns 300 anos adiante. Andámos muito pelas ruas dele, voltámos à sua padaria preferida, ao seu bar de vinhos ao fim do dia, à pizzaria (que estava fechada), à loja de queijos, ao mercado de domingo.
Os lugares só se tornam realmente especiais depois de os fazermos nossos. (Tenho andado muito calada, pelo que hoje me dou ao luxo desta lapalissade - ninguém me pode acusar de nos últimos dias ter exagerado com os habituais "olhem que lindo objecto redondo que acabei de descobrir!")


Voltar a Roma é voltar a nós: o deslumbramento do primeiro fim de tarde na piazza Navona, reencontrar os nossos filhos pequeninos nos museus do Vaticano, repetir os passos e os gelados...
(Dirão agora: "ora muito obrigado! isso pode-se dizer de todas as cidades onde se viveu intensamente!" Pois pode, mas calhou de estar a chegar de Roma agora, e ocorrer-me dizê-lo a propósito desta cidade. Além disso, pensando bem, nem todos os lugares me despertam essa sensação de mistura de histórias, como se fossem parte de mim, e eu parte deles.) 








6 comentários:

sem-se-ver disse...

eu gostei imenso de roma. estive lá 3 ou 4 dias, n sei precisar, em dez de 98.

Helena disse...

Mas 3 ou 4 dias não chega para nada! Aposto que só conseguiste provar 30 gelados diferentes.
;-)

M&M disse...

"Mas 3 ou 4 dias não chega para nada! Aposto que só conseguiste provar 30 gelados diferentes.
;-)" - fizeste-me dar a gargalhada do ano com este comentário ;)

Roma será sempre uma das minhas cidades (Veneza é outro bom exemplo). Vivi lá 10 meses e a sensação de estar em casa nunca se desvaneceu. Já lá voltei depois e foi o mesmo que entrar em casa dos meus avós - reconheci-lhe os recantos, os edifícios, as cores, a luz, os cheiros, a sonoridade das suas gentes. E passei os dias a comer gelados, muitos, dos mais variados sabores e tamanhos!

Mar* disse...

Primeiro envio comentário através da conta errada (o comentário de cima é meu) e depois ainda me esqueço de gabar as fotografias, que me deixaram com uma dose de nostalgia daquelas....baaahhh para mim!

Nunca me canso de ouvir falar/ler sobre Roma ;)

*

Helena disse...

Por quem sois, senhora!
:)

Estou a trabalhar nas restantes. Se vires que é demais, eu tiro esta cassette e meto a do Wladimir Kaminer em Portugal...

Mar* disse...

;)

Não, não, continua, per favore. Mas depois não te esqueças de voltar a pôr a cassete do Kaminer em Portugal, quero saber tudinho!