20 maio 2012

esplendores e misérias

Berlim, Tiergarten, estátua de Richard Wagner.



3 comentários:

sem-se-ver disse...

...

(sabes uma coisa? na reportagem da clara ferreira alves ontem publicada no expresso - ela encontra-se na grécia -, ela refere que não há mendigos em atenas: preferem roubar ou ser músicos de rua. sabes outra coisa? eu amo os gregos.)

Helena disse...

Por aqui também não havia mendigos até chegarem os romenos...
Já falei disso: a rede de segurança social tem uma malha muito apertada. Salvo algumas excepções (nomeadamente: pessoas que não querem ou conseguem respeitar certas regras) não é preciso pedir, porque o Estado garante-te um mínimo muito aceitável.
Agora, gostar de as pessoas optarem por roubar, em vez de pedir... não sei, não sei.
Nunca me deu jeito ser roubada.

sem-se-ver disse...

ah, mas o roubar entendo-o eu a supermercados e 'coisas' assim ;)

bjs e boa semana