01 fevereiro 2012

como na vida



Escolhes a direcção: vou por ali. Olhas para a pista à tua frente. Centras-te em ti: sentes os pés bem assentes nos esquis, encontras o teu ponto de equilíbrio. Divides a pista em segmentos – o que podes fazer de cada vez. Lanças-te. O corpo inclinado na direcção que queres seguir. Uma curva de cada vez, tu consegues, tu consegues. Sempre consciente das tuas forças, és tu quem manda nos esquis, és tu quem decide a velocidade. Não ignores as tuas arestas – precisas delas nas situações mais difíceis, permitem-te manter a direcção que é a tua. Não olhes nunca para trás, excepto se decidires mudar abruptamente de direcção: por atenção aos que vêm atrás de ti, para não lhes cortar o caminho. De vez em quando fazes uma curta pausa para descansar, juntas forças novas. Aprecias a pista – o percurso já percorrido, o que falta ainda - e a paisagem à tua volta.
Chegas ao teu destino. Escolhes nova direcção Lanças-te – e desta vez procurarás também a elegância.

Moral da história: ...e depois vem um filho dizer-te com toda a delicadeza: se quiseres, vou à tua frente para te ensinar a esquiar melhor. Vai, ensina, faz-se espelho para perceberes o que estás a fazer mal. Então começas a pôr em causa tudo o que sabias. Recomeças.


Helena Araújo, vinte e dois anos a juntar experiencias em pistas azuis e sabe Deus, tentando agora uma nova carreira como redactora de almanaques.

7 comentários:

Anónimo disse...

:-)...como na vida, pois claro,

CristinaGS

Helena disse...

:-)

...sobretudo a parte dos filhos que nos ensinam e nos trocam todas as voltas!
E, bom, aquele truque de dividir os desafios em etapas mais curtas e possíveis de fazer também näo é mau.

Carlos Azevedo disse...

Gostei muito deste texto, Helena.

mdsol disse...

:))))

maria disse...

:)

deliciosa.

Luis Novaes Tito disse...

O mais importante é saber cair. O resto vai-se fazendo :)

Helena disse...

Olá comentadores,
:-)))
para todos.

PS para o Luís: isso mesmo - saber cair, saber levantar-se de novo. E näo deixar que o medo nos gaste toda a energia.