30 novembro 2011

nas veias

Ontem fui almoçar com um grupo de portuguesas.
No caminho para o restaurante fotografei a cidade incrivelmente soalheira - com o telemóvel, à queima-roupa, dentro da carruagem do S-Bahn com os vidros todos riscados.

 


 
Fizemos uma algazarra incrível no restaurante Brasserie am Gendarmenmarkt (só digo o nome porque nos saiu muito bom e com um preço muito razoável para almoço; com um empregado extremamente paciente, simpático e atencioso, que no fim ofereceu a cada uma de nós um frasquinho de compota de figo). Falámos de tudo um pouco, atropelámos os temas, fizemos planos. Ao sair, dei com a magia do mercado de Natal no Gendarmenmarkt. Voltei para casa feliz da vida.
Melhor que dias assim, só mesmo injectar vinho do Douro directamente nas veias.

2 comentários:

mdsol disse...

:))))

Os meus dias eram bem mais tristes e pobres antes de vir por aqui!

[Não vale ralhetes... Tenho andado contidíssima nos encómios ... :)))))]

Helena disse...

hahahaha

então está bem, por hoje passa! ;-)