20 outubro 2011

trabalhar ao som de música assim (2)



Adenda importante: mudei a versão desta "Pavane pour une infante défunte" para uma mais lenta, como uma excelente comentadora sugeriu, na caixa de comentários.
Será que já disse hoje que o maior orgulho deste blogue são os seus comentadores?

9 comentários:

Carlos Azevedo disse...

Belíssima música. Apropriada para ouvir por estes dias...

sem-se-ver disse...

só boas companhias, hein?



(versão é demasiado rápida...)

Helena disse...

Achas esta melhor?
http://youtu.be/c2cIVLAqTdg

sem-se-ver disse...

melhor (karajaaaaan), mas ainda não é a minha must.

vou pesquisar. na net.

(tanta preguiça de levantar para verificar o que tenho ali em cd... ou em vinyl, quiçà. ai.)

sem-se-ver disse...

nao ligues, deixei-me sugestionar pelo nome do maestro. é a que tinhas posto.

pera.

sem-se-ver disse...

esta está melhor

http://www.youtube.com/watch?v=dckOerDVTa8&feature=related

Helena disse...

Muito melhor, de facto.
Olha: correndo mesmo o risco de os teus comentários parecerem despropositados, vou mudar a versão no post.
Obrigadíssima!
(eu, com os excelentes comentadores do meu blogue, é sempre a aprender!)

Helena disse...

Já mudei.
E no entretanto lembrei-me de um comentário do próprio Ravel, ao ouvir uma interpretação lenta desta peça: era suposto ser uma "pavane pour une infante défunte", e não uma "pavane défunte pour une infante"...

Mas não importa: gosto bem mais desta versão mais lenta.

sem-se-ver disse...

ahahahha grande ravel :D

(inda rindo :D

bem, tenho de ir, téjá