12 abril 2011

a oferta cultural desta cidade é uma coisa por demais...



"Aí vêm os holandeses!", anunciavam na Filarmonia, ousando brincar com uma frase de múltiplos sentidos. Sim, aí vêm eles: a rainha da Holanda, acompanhada pelo príncipe herdeiro e a sua Máxima vêm aí, e trazem com eles a Concertgebouw Orchestra, que vai dar um concerto amanhã, sob a batuta de Mariss Jansons e com a violinista Janine Jansen.
Ainda pensei ir ao concerto (a famosa orquestra, o famoso maestro, a famosa solista) e ficar nos bancos de pau para poder ver melhor (o famoso sorriso da Máxima, um dos famosos vestidos da rainha, um dos famosos vestidos da Máxima). Mas é claro que já está esgotadíssimo, como sempre.

Nada que não se resolva com um pequeno milagre: o concerto será transmitido em directo e gratuitamente no site do digital concert hall. Mais informações aqui.
Espero que ponham uma câmara do lado dos bancos de pau, virada para o público, por causa daqueles meus interesses culturais.   

(O concerto começa às 8 da noite na Alemanha, 7 em Portugal)

8 comentários:

Paulo disse...

Ena, ena. Obrigado, Helena. Vou tentar estar em casa a fingir que estou lá.

Helena disse...

Também te interessas por vestidos?... (hihihihi)
Tu não recebes a newsletter da Philharmonie?

Paulo disse...

Recebo, pois.
A parte dos vestidos não me interessa tanto como a Orquestra do Concertgebouw (mas gosto de os ver, lá isso gosto). Há muitos anos Mariss Jansons dirigiu a Filarmónica de Oslo no Coliseu dos Recreios. Grande concerto. Andei a passear com os músicos.

Rita Maria disse...

Hihihi,

estava agora a planear o que vestir para uma gala esta quinta feira quando pensei "e se fosse o look Michelle Obbama?" e vesti um casaquinho de malha (ai, um cardigan!) por cima do vestido (perdão, cocktail dress!), pendurando ainda no casaquinho (cardigan!) um alfinete de peito (ai que não sei dizer isto em inglês...blow job?) antigo (vintage!) que ficou mesmo bem.

E o que é que isto tem a ver com o teu post? É que antes de tu nos servires de Hola eu nunca chamaria "look Michelle Obama" ao facto de vestir um casaquinho de malha por cima do vestido, nem me teria apercebido de que a dita cuja o faz e às tantas também não tinha chegado à conclusão de que na verdade é uma ideia interessante e fica muito mais bonito do que aquelas coisas idiotas que eles inventam para cerimónias.

Acho que vou por uma fotografia no meu blog e escrever "look inspirado pela Helena Araújo" :)

Helena disse...

:-DDDD
Especialmente para o alfinete de peito em inglês.
Sim, põe a fotografia no teu blogue, mas olha que o look é inspirado pela Michelle Obama, e não por mim!
Por acaso tentei uma vez esse look, e ficou um bocadinho mal. Mas acho que a culpa não era do casaco, era das pernas.

Tiago Couto disse...

Também tem um filme preferido?

Venha partilha-lo conosco em:

http://palavrasdechocolate.blogspot.com/2011/04/um-filme-que-me-marcou.html

Paulo disse...

Como cheguei tarde já não deu para ver. Como estavam elas vestidas, afinal?

Helena disse...

Também não vi.
Estava numa sessão sobre o Eclesiastes: "tudo é sopro de vento e castelos no ar". Muito a propósito!

(Essa do "sopro de vento", onde é que já a vi? Se bem me lembro, é a tradução do nome "Abel" - o irmão de Caim. O meu problema com a Bíblia é que quanto mais sei mais me apercebo da dimensão da minha ignorância.)